Serenata

novembro 15, 2011

Vi um luau sem fogueira
uma praia sem areia
uma mágoa passageira
vi um santo dizer não

vi a loucura no papel
serenata sem canção
um adeus virar até logo
foram lágrimas em vão

vi quase tudo que eu queria ver
só não vi você, só não vi você

Vi a lua de chapéu
vi o céu virando rua
vi uma garota nua
uma noiva sem o véu

Vi a riqueza ficar pobre
vi ladrão em causa nobre
achei graça na tristeza
e na beleza a desilusão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: