Felicidade por inteiro

novembro 21, 2011

Aquela felicidade que eu sentia era felicidade mesmo, mas hoje estou recebendo uma espécie de injeção de felicidade concentrada com a notícia da chegada do nosso primeiro filho.
Lembro de tantas coisas que os meus pais me diziam e que eu não dava muita atenção na época, uma das coisas era que os problemas de criança não são nada perto dos problemas que viriam pela frente, esse ensinamento já comprovei, mas nunca me importei muito com isso, sempre enfrentei com muita garra os problemas da vida. Nunca vi nenhum dilema sem solução.
Outro ensinamento que sempre ouvi, não só dos meus pais, mas pelo mundo a fora, é com relação a chegada de um filho. Sempre ouvi que a vida muda, tem outra cor e essa é a maior, a verdadeira felicidade por inteiro. Já escrevi em uma canção que diz: “Ninguém nunca viu felicidade por inteiro” A canção não deixa de ser uma bela canção, na minha opinião, mas passa a ser metirosa na minha vida.
Hoje sei o que é felicidade por inteiro, está tudo perfeito, tudo correto, problemas são pequenos e sim, existem, mas não me abalam, não me afetam, não me enfraquecem, me fortalecem. E é isso, vou ser pai, nada mais vai me abalar, serei cada vez mais forte e a partir de agora vivo por essa criança

Serenata

novembro 15, 2011

Vi um luau sem fogueira
uma praia sem areia
uma mágoa passageira
vi um santo dizer não

vi a loucura no papel
serenata sem canção
um adeus virar até logo
foram lágrimas em vão

vi quase tudo que eu queria ver
só não vi você, só não vi você

Vi a lua de chapéu
vi o céu virando rua
vi uma garota nua
uma noiva sem o véu

Vi a riqueza ficar pobre
vi ladrão em causa nobre
achei graça na tristeza
e na beleza a desilusão