Dois em um

fevereiro 28, 2011

Hoje venho aqui para falar brevemente sobre dois assuntos. Primeiro sobre coincidências e segundo sobre o nosso lado ruim.
Coincidência por hoje eu estar dirigindo e pensando que deveria escrever alguma coisa em meu blog que há tempos não escrevo, pois acho até um desrespeito com a galera que acompanha o blog. Foi então que vi um leitor reclamando que eu tinha que voltar a escrever. E esse tipo de fato ocorre constantemente com todos. Estar pensando em algum amigo que não vemos há bastante tempo e que de repente liga, ou aparece. Acho isso incrível.
E o outro assunto que não tem nada a ver com o anterior. Acho uma pena que pessoas não tenham a oportunidade de conhecer o nosso lado bom e por algum motivo acabam conhecendo o nosso lado ruim, que acredito que todos tenham. Isso me ocorreu por que em algumas ocasiões as pessoas testam nossa paciência. O mau atendimento em alguns locais, o sentimento de estar sendo enganado em alguma compra, ou qualquer outra situação, faz a gente sair do sério e mudar a nossa personalidade, que geramente é tranquila. Nesse caso preciso falar sobre minha pessoa que costuma ser, quase sempre, um poço de calmaria e paciência. Mas hoje depois de um ano de incômodo com a compra de um produto, acabei estourando e pessoa que não me atendia corretamente acabou perdendo a oportunidade de receber o que eu acredito que eu tenha de melhor, que é a relação com o ser humano. Mesmo eu tendo toda razão saio da batalha com um sentimento de remorço que sei que não deveria ter, pois tive meu caso resolvido após aumentar a voz. Mas volto a dizer que quem me conhece sabe que sou a pessoa mais fácil de fazer novas amizades e dificilmente saio do sério.
Abraço


Anúncios